Relações e Comportamento

Dicas de Cris Poli, a Supernanny

Cuidar de uma família não é tarefa das mais fáceis. E, desde sempre - salvo raras exceções - é responsabilidade da mulher.
O problema, hoje, é que essa mulher, que em décadas passadas dispunha de todo o tempo para cuidar do marido, filhos e casa, é agora esposa, mãe e também profissional. 

Sobre a educação dos filhos, Cris aponta o erro mais comum entre as mães. "Elas não têm exercido sua autoridade para determinar regras, horários, rotina, procedimentos e limites. Isso deixa os filhos sem orientação e referencial para serem educados". E, como todas nós sabemos, os referenciais são parte fundamental na formação de cada ser humano, pois apresentam comportamentos que serão tomados como exemplo, especialmente pelas crianças.

Para a SuperNanny, a desobediência dos filhos está ligada à falta de definição das regras e tarefas por parte dos pais. "Quando os pais têm convicção sobre quais são as regras e a rotina da casa, os filhos as recebem com tranquilidade e a obediência se torna uma atitude fácil de ser seguida", reforça.

Outra dica é respeitar a idade de cada filho. "As tarefas domésticas podem ser distribuídas de acordo com as idades e a responsabilidade que cada um pode assumir. Lembrando que, quanto maior é a autoridade, maior é a responsabilidade. Isso pode ser determinado pelos pais ou pela concordância entre pais e filhos, dependendo das idades deles", observa Cris. O pai também deve ter parte nas tarefas, para que ninguém fique sobrecarregado.

Quando os pais trabalham fora, é comum a contratação de babás. Porém, essas profissionais não podem assumir o papel dos pais. "A babá deve ser uma ajuda para a mãe e não uma pedra de tropeço. Ao contratar uma babá deve-se deixar bem claro qual é o procedimento que os pais esperam dela", orienta Cris. Além disso, os pais devem sempre observar as atitudes da profissional para que a rotina e os valores da casa não sejam alterados no período em que a babá estiver responsável pelas crianças.

Fonte : Vila Mulher

Comentários